A nostalgia tomou conta do Armazém da Criatividade na manhã desta quarta-feira (30/08). Foi lá que a direção do Polo Caruaru apresentou uma novidade que promete trazer à memória dos caruaruenses os tempos áureos de uma das mais importantes festas da cidade: a Festa do Comércio.

Durante anos, os moradores se reuniram na Rua 15 de Novembro, no Centro da Cidade, para comemorar as festas de fim de ano e esperar o Ano Novo. Havia parque de diversões, retretas, pastoril, música no coreto, brincadeiras para as crianças, muitas guloseimas como maçã do amor e a famosa e temível Monga, a Mulher Gorila.

O projeto Festa do Comércio foi apresentado à imprensa, representantes da classe empresarial e convidados. Durante o evento, houve apresentação do Pastoril de Dona Maria Rosa da Paróquia de Nossa Senhora de Fátima e a presença da Monga, que provocou sustos na plateia.

         IMG_3142           IMG_3131

“O nosso desafio é fazer um resgate do que foi a Festa do Comércio em uma versão mais moderna, mas trazendo os principais ícones da época. E o objetivo é que as pessoas que tiveram o prazer de viver aquela festa possam resgatar todas as emoções vividas lá no passado. A gente deseja fazer no final do ano o que fizemos hoje: emocionar as pessoas com todas aquelas lembranças boas da Festa do Comércio de Caruaru”, ressalta Djalma Cintra Júnior, superintendente do Polo Caruaru.

A Festa do Comércio do Polo Caruaru é mais uma atração do projeto País de Caruaru, que surgiu com o objetivo de valorizar a cultura regional, em parceria com o Grupo MS e tem a TV Asa Branca como parceira para comercialização.

Deixe seu comentário